Pular para o conteúdo

Abdominoplastia pelo convênio

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Quando a abdominoplastia pode ser coberta pelo convênio?

Existem algumas situações bem claras para entendimento dos convênios em que a abdominoplastia é coberta, e seriam aplicados naqueles pacientes com grande perda ponderal, ou seja, que perderam muito peso, principalmente após cirurgias bariátricas ou redução de estômago, mas não excluíndo os pacientes que emagreceram por dieta e uso de medicações. 

Nesses casos é esperado a formação de um abdome em forma de avental, e nas dobras da pele, devido ao atrito pode ocorrer inflamações e infecções de repetição. Além disso, é muito comum a presença de hérnias de barede abdominal e também da diástase do músculo reto abdominal.

Quando o paciente apresenta apenas hernias e a diástase, com pouca flacidez de pele, e sem a formação das dobras abdominais, a cobertura da abdominoplastia pode ocorrer de forma parcial. Ou seja, o convênio paga a parte da internação e honorários médicos, e o paciente precisará pagar parte da dos gastos pela abdominoplastia.

O que diz a ANS sobre a cobertura?

PARECER TÉCNICO No 10/GEAS/GGRAS/DIPRO/2019

COBERTURA: DERMOLIPECTOMIA

O Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, atualmente regulamentado pela RN no 428/2017, constitui a referência básica para os fins da cobertura assistencial disposta na Lei no 9.656/1998.

O referido normativo está em vigor desde 02/01/2018 e se aplica aos planos privados de assistência à saúde comercializados a partir de 02/01/1999 e aos planos antigos adaptados (planos adquiridos antes de 02/01/1999, mas que foram ajustados aos regramentos legais, conforme o art. 35 da Lei no 9.656/1998), respeitando-se, em todos os casos, as segmentações assistenciais contratadas.

O procedimento DERMOLIPECTOMIA consta listado no Anexo I da RN no 428/2017, e deve ser obrigatoriamente coberto por planos de segmentação hospitalar (com ou sem obstetrícia) e por planos- referência. Para tanto, devem ser observadas as condições estipuladas na respectiva Diretriz de Utilização – DUT, que assim se encontra descrita no item 18, do Anexo II, da mesma norma:

1. Cobertura obrigatória em casos de pacientes que apresentem abdome em avental decorrente de grande perda ponderal (em consequência de tratamento clínico para obesidade mórbida ou após cirurgia de redução de estômago) e apresentem uma ou mais das seguintes complicações: candidíase de repetição, infecções bacterianas devido às escoriações pelo atrito, odor fétido, hérnias, etc.

As DUTs adotadas pela ANS, em regra, indicam as características e as condições de saúde nas quais os ganhos e os resultados clínicos

Publicado em 17/05/2019 1

são mais relevantes para os pacientes, segundo a melhor literatura científica e os conceitos de Avaliação de Tecnologias em Saúde – ATS.

Assim, quando solicitado pelo médico assistente, respeitadas as segmentações contratadas e atendidas as condições previstas na DUT em apreço, o procedimento DERMOLIPECTOMIA deve ser coberto pelos planos novos e pelos planos antigos adaptados.

Por fim, é relevante salientar que, no caso de planos antigos não adaptados (planos contratados até 01/01/1999 e não ajustados à Lei no 9.656/1998, nos termos de seu art. 35), a cobertura ao procedimento em análise somente será devida caso haja previsão nesse sentido no respectivo instrumento contratual.

Gerência de Assistência à Saúde – GEAS Gerência-Geral de Regulação Assistencial – GGRAS Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos – DIPRO Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS

Sobre o parecer da ANS, para que serve?

O parecer da ANS é um direcionador para saber quando é possível solicitar a Dermliectomia abdominal (TUSS 30101271) pelos planos de saúde. Existe uma grande discussão sobre o Rol da ANS, se ele é exemplificativo ou taxativo, se taxativo, a cobertura seria para aqueles procedimentos que constam nessa relação, não tendo cobertura para os demais procedimentos, e quando exemplificativo, a cobertura poderia se estender para procedimentos semelhantes tendo como base os procedimentos exixtentes no Rol. O importante é que no caso da dermolipectomia abdominal, ou seja abdominoplastia, exietes uma diretriz, DUT, mostrando em quais situações a cobertura é obrigatória. Ou seja, é obrigatória “em casos de pacientes que apresentem abdome em avental decorrente de grande perda ponderal (em consequência de tratamento clínico para obesidade mórbida ou após cirurgia de redução de estômago) e apresentem uma ou mais das seguintes complicações: candidíase de repetição, infecções bacterianas devido às escoriações pelo atrito, odor fétido, hérnias, etc.”

Nesse vídeo o Dr. Fernando Amato explica como é possível conseguir realizar a dermolipectomia abdominal, abdominoplastia pelo convênio.

Olá eu sou o Doutor Fernando Amato

são cirurgião plástico e hoje vou falar

sobre as cirurgias no abdômen que são

cobertas pelo convênio

então se você está pensando em fazer uma

cirurgia plástica no abdômen assistir

esse vídeo até o final e entenda Em que

situações você pode utilizar o seu

converter de forma correta e ética para

uma cirurgia no abdômen

então todo mundo gostaria de fazer uma

cirurgia plástica

a graça tenho certeza disso Ou pelo

menos quando for fazer uma cirurgia

abaixo que alguém esteja pagando para

essa cirurgia que você não tenha

diversar é todo aquele valor para o

procedimento bom isso é um eu vou

discutível mas eu vou trazer a situações

em que você pode ter sua cirurgia

coberta pelo convênio ou seja por Vênus

vai pagar a sua cirurgia ou vai pagar de

forma parcial

Então vamos lá e situações com vendo ele

cobre classe um dinheiro legal existem

existem logo uma lista de procedimento

se

descobertos são obrigados a comer ou

seja AMS Agência Nacional de saúde ela

faz essa regulação dessa interface de

convênios públicos e operadoras usuários

levo as operadoras são solventes uso

pros usuários são os pacientes e existe

uma lista da que a gente chama de Hall

né No sol da AMS essa vista de

procedimentos da Agência Nacional saúde

vende esses procedimentos existe existem

um procedimento que é o dermolipectomia

abdominal

e em paciente com abdômen em avental que

que é esse procedimento pô

procedimento é abdominoplastia mas está

muito Claro no nome então Aqueles

pacientes consome o abdômen em avental é

importante falar isso esse abdômen em

avental pode ter muita gente faz a cama

faz tia e não tem uma mental e se tem o

água excesso de pele mas não faz aqui ao

mental E por que que o avental é

importante para cobertura do

procedimento o avental importante porque

nessa dobra da pele do paciente de forma

ficar com assadura pelo atrito da pele e

pode até desenvolver infecção de pele

preservativos trocar CEP e isso é um

fator muito importante para que o

governo entenda que aquele paciente vai

ter algum benefício à saúde o

procedimento é fazer extensa prova e não

conseguem nem ver A Gene Targa ou seja

paciente consegue nem fazer uma higiene

própria pode apresentar até um dormi

nessa região então o abdome é ele está

interferindo muito da qualidade de vida

do paciente e a retirada daquele excesso

de pele né até no libertar Mira sarau a

diferença muito grande no da qualidade

de vida daquele paciente inclusive até

até ovulação

a retirada do excesso de pele consegue

até voltar a ter uma mobilidade

obviamente ninguém vai engordar para ter

o abdômen em avental muitas vezes o

paciente de engordar muito fizeram uma

dieta muitas vezes faz a cirurgia

bariátrica e emagrecem grandes

grandes pesos né então tem uma

diminuição muito grande do volume né no

outro pés corpo oro né obra de um são

muito grande ponderal esses pacientes

estiverem metade do peso que pega a

gente festas 160 arquivos e acabam

perdendo a quilos em 60 kg e esses

pacientes têm uma mudança muito grande

eles precisam fazer a cirurgia no

abdômen

mas é abdominoplastia ela não vai de

forma estética ela tem uma um caráter

reconstrutor isso é muito importante

porque eu bom então tende às vezes por

quê que um tem a cobertura e outro não

paciência estão fazendo uma cirurgia

reconstrutora outras vezes a cirurgia

dos fortes ele formam ser vertical é

para fazer uma correção vertical dá um

pouco mais de cintura agora ficamos a

aguardar um pouco mais de cintura eles

fazem o corte transversal passo é o

corte da atualização Costa tem quase em

todas as cirurgias praticamente esse

vertical e ajuda a correção é vertical

do excesso de pele e às vezes pode até

estender

na parte de trás e a gente chama de

abdominoplastia em 360 graus né ou

torsoplastia

então e faz diferença porque esses

pacientes têm essas próprias esses obras

causam aplicação esse hábito pode causar

infecção e pode ter outro e isso vai

interferir no trabalho

e

fala aí situações que é indiscutível que

tem a cobertura tem muitos pacientes de

falência de avaliar perdem os pés

tudinho só com aquele excesso de pele e

consegue é cirurgia pelo convênio eu

quero essa deve lidar com medo muitos

convênios outras operadoras que libera

essa cirurgia para os pacientes

pós-cirurgia bariátrica o que existe

entendimento por parte de alguns juízes

e a cirurgia bariátrica causo é fator de

um trauma que a vai precisar de

cirurgias para reparação e o abdômen 3

ou não necessário que aquele avental do

Brasil mas tem um excesso de pele quero

já justificado mas aí tá o problema está

interpretação que algumas pessoas hora

de um juiz porque dentro está sem

esquenta com liminar algumas operadoras

não discutem Belo loucas bom então ir ao

pé da letra e esse gente o avental para

justificar a Simas AM

e existem outros procedimentos que podem

ser associados ao da lua cheia tem

cobertura e a cobertura obrigatória

Então quais são esses hérnia umbilical

ou qualquer outra hérnia no abdômen

tem cobertura e também tem a de Assis

músculos Correta acionados que essa tal

de dias é o afastamento da musculatura e

esse afastamento da musculatura cês

calça uma deformidade no abdômen quando

você tiver contrai o abdômen guarda

frente os jovens e ele pode estar

relacionado a essa fraqueza da linha

mediana do abdômen causando

hérnia hérnia umbilical assistir Se não

for tratada a días ele não tá sempre

fazendo um tratamento correto para

hérnia E aí

a

desenvolver essas e quando a gente paga

abdominoplastia a gente praticamente

sempre faz a plicatura nessa musculatura

você gente trata essa esse afastamento

juntando essas duas essas duas é o

músculo é de juda e trata Isso faz parte

da dona Chica Decor

o exame musculatura também pode estar

relacionada até fraqueza na na coluna e

pode gerar dor na coluna que está

assistindo tem aquela aquela

a força é o tronco e tem dor nas costas

e a de asas e pode estar interferindo

nessa força no tronco e porta causam dor

nas costas paciente com diassis pode

estar associado até mesmo vamo

continentes luminária

então adiasse tem cobertura pelos

Conventos também

cicatrizes né tem também um pouco

questionável esse capítulo é teria que

ter alguma alteração funcionava assim

vocês que tem quelóide

o que eles causam prurido ou cê

causa duro essas de capriles elas

precisam ser tratadas por assistir um

pote e pulseira uma cidade não gosta dor

uma cicatriz essa Será que você

ressecado e ser refeita ou quer um

tratamento um corticoide e outros tem

outras opções também e também aquelas

cicatrizes é muitas vezes a pessoa pode

ter tido uma infecção e é para reparação

de pé e que às vezes pode até limitar a

complementação ou pode causar infecção

de pele ponto compra de uma dobra ou

talvez ela seja a própria por causa da

dobra do abdômen

e também precisam ser tratados

E essas situações quando não cobre o

abdômen né posso ficar triste l’aereo

mande

“viabiliza uma cirurgia cobertura

parcial Ou seja é possível marcar a

cirurgia do abdômen o abdômen o hospital

vai querer cobrar a cirurgia não adianta

para lá já que eu tô fazendo aérea eu

não tenho que pagar tem que pagar porque

tem um custo muito maior botando tá

cheia do que uma Edna Edna Susan 20 30

minutos para certeza o abdômen pode

demorar até uma quatro horas você tem

tem um tempinho de cima vou te dar de

pontos e usar um dois pontos é fios de

sutura ou aérea do seu usa 20

fio de sutura o abdômen Então as

diferenças tem um público maior é o

hospital vai querer cobrar essa cirurgia

Ou acorda separado mas ele já dá um

desconto por paciente porque já tá

fazendo outro procedimento então ele e

até o centro cirúrgico quatro tem sua

vantagem e fazer aquele procedimento

combinar e

equipe médica a nota fiscal médico ele

descreve que fez corrigindo aérea e eu

passei de pacote de um se tiver um

reembolso Ou melhor nem rolos ou para

ser o médico pode ganhar ser presenciado

o povo ele acordou legal é diretamente

do hospital a parte acho justo o médico

faz um desconto três paciente obviamente

que uma regra tem muitas operadoras

descobrimos que pagam muito mal então

infelizmente é peça de diferentes

existem outras situações pacientes que

têm

é uma era muito grande fez uma cirurgia

abdominal de urgência e ficou com o

Bayern a grande e ficou com aumentar ou

ficou deformidade visão geral esses

pacientes também consegue a

dermolipectomia abdominal porque ele

e nesses casos se tem cobertura

era isso que eu queria falar sobre a

cobertura da cirurgia no abdômen da

cirurgia estética do abdômen quando ela

é coberta quando ela não é coberta se

você gostou desse vídeo e Gostou dela

ter uma pergunta Pode ser que o Vasco

não tem problema de Vou tentar responder

a

nova sugestão de tema porta também

escreva aqui embaixo a gente tenta

programar os próximos vídeos corpo

comente compartilhe de Muito obrigado

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

nv-author-image

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826