Pular para o conteúdo

Técnica de remodelamento costal para “Afinar a Cintura”

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Uma tecnica nova conhecida por técnica de remodelamento costal é um procedimento cirúrgico inovador na área da cirurgia plástica, desenhado especificamente para esculpir a silhueta, deixando-a mais definida e elegante através da modificação das costelas flutuantes.

Conhecido por entregar uma cintura de “barbie” para as pacientes

O Que é a Técnica B-Waist?

A técnica B-Waist consiste na habilidade do cirurgião de modificar e reposicionar as costelas flutuantes – as últimas duas costelas da caixa torácica. Ao contrário de algumas crenças, o cirurgião não remove as costelas nesta cirurgia, mas as remodela e reposiciona. Assim, o objetivo é afinar e definir a cintura, mantendo as costelas em posição que protege a caixa torácica.

O Que é a técnica RibXcar?

Primeiramente, é uma técnica de remodelamento costal que envolve a fratura monocortical das costelas sob orientação de ultrassom. Contudo, o profissional realiza este procedimento sem incisões, acessando apenas por um ponto. Isso representa uma abordagem menos invasiva e sem cicatrizes, atendendo às preocupações estéticas dos pacientes.

Como Funciona o Procedimento?

Antes de tudo, o médico realiza o procedimento sob anestesia geral. Portanto, inclui as seguintes etapas:

  • Avaliação e Planejamento: O médico realiza uma avaliação detalhada para determinar a viabilidade da intervenção.
  • Incisões: O cirurgião faz pequenas incisões na pele na área das costelas inferiores, nas costas.
  • Modelagem: Procedimento cirurgico para fratura programada e parcial da costela, tipo “galho verde”, permitindo a remodelação.
  • Fechamento: O cirurgião fecha as incisões com suturas e aplica curativos.
  • Manutenção: uso de cintas apropriadas para manter o resultado no pós operatório

Como é feito a Técnica de remodelamento costal?

O médico identifica os dois últimos arcos costais (11ª e 12ª costelas flutuantes) por ultrassom diagnóstico. Então, através de uma pequena incisão nas costas ou por um acesso com agulha, ele introduz um dispositivo equipado com uma pequena serra que vibra com tecnologia ultrassônica. Esta serra é capaz de causar uma fratura controlada. Contudo, a fratura realizada na costela é parcial, monocortical, preservando a parte interna ao estilo ‘galho verde’, o que possibilita a remodelagem cirúrgica.

LEIA  Bumbum e Face de Ozempic

Benefícios da Técnica B-Waist

  • Cintura Definida: O principal benefício é alcançar uma cintura mais fina e elegante.
  • Autoestima Aprimorada: Uma transformação física desejada pode ter efeitos positivos na autoestima.
  • Resultado Personalizado: O cirurgião adapta cada procedimento às necessidades e expectativas do paciente.

Cirurgias que podem ser associadas

O cirurgião pode associar algumas cirurgias que também mudam e afinam a cintura das pacientes, como:

Personalização e Recuperação

  • Corset Pós-Operatório: Pacientes usam um corset na cintura nos primeiros 60 dias, que permite ajustar o grau de afinamento desejado.
  • Tempo de Recuperação: O período de recuperação varia, mas em geral, o remodelamento não adiciona maior dor ou tempo de afastamento em relação a outras cirurgias como abdominoplastia e lipoaspiração

Perguntas e Respostas Frequentes:

  1. O que é a técnica B-Waist? R: É um procedimento cirúrgico que modifica e reposiciona as costelas flutuantes para criar uma cintura mais fina e definida.
  2. Quais são os benefícios dessa técnica? R: Oferece uma cintura mais definida, melhora a autoestima e proporciona resultados personalizados.
  3. A cirurgia envolve a remoção de costelas? Não, o cirurgião não remove as costelas, ele apenas as reposiciona.
  4. Quanto tempo dura a recuperação? R: Varia conforme o indivíduo, mas geralmente não adiciona maior dor ou tempo de afastamento em comparação com outras cirurgias estéticas.
  5. Todos podem fazer a técnica B-Waist? R: Depende da avaliação médica e da estrutura óssea do paciente.
  6. Como é o pós-operatório? R: Inclui o uso de um corset compressivo para ajustar a cintura e um período de repouso conforme orientação médica.
  7. Quais são os riscos envolvidos? R: Como qualquer cirurgia, envolve riscos como infecção, sangramento e complicações relacionadas à anestesia.
  8. Essa técnica substitui a lipoaspiração ou abdominoplastia? R: O cirurgião pode realizar este procedimento em associação com outros ou isoladamente, dependendo das necessidades do paciente.
  9. A técnica B-Waist é reversível? R: Não, os resultados são permanentes porque o cirurgião altera a estrutura óssea.
  10. Existe um limite de idade para realizar a técnica B-Waist? R: Não existe um limite de idade específico, mas a saúde geral e a estrutura óssea são fatores importantes.
LEIA  A História da Cirurgia Plástica: Evolução ao Longo dos Séculos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826