Pular para o conteúdo

Mamoplastia: remoção cirúrgica do tecido mamário para reduzir o tamanho dos seios

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Mamoplastia redutora

A redução de mama, também conhecida como mamoplastia de redução, é um procedimento cirúrgico que visa remover excesso de pele e tecido da mama para deixá-la mais proporcional ao corpo. A redução de mama pode ser uma opção para mulheres que têm seios muito grandes, o que pode levar a problemas de saúde física e emocional.

Alguns dos problemas de saúde comuns associados a seios muito grandes incluem dores nas costas, pescoço e ombros, irritação da pele sob os seios, e dificuldade em encontrar roupas que ajustem adequadamente. Além disso, muitas mulheres com seios muito grandes relatam problemas de autoestima e imagem corporal. A redução de mama pode ajudar a aliviar esses problemas e melhorar a qualidade de vida da paciente.

A cirurgia de redução de mama é geralmente realizada sob anestesia geral e dura de três a cinco horas. Durante a cirurgia, o cirurgião remove excesso de pele e tecido mamário e, em seguida, reposiciona os mamilos e a aréola para uma posição mais elevada. A cirurgia pode deixar cicatrizes, embora a maioria das mulheres relata que as cicatrizes são menores do que o esperado e se tornam menos visíveis com o tempo.

Após a cirurgia, é comum ter dor e inchaço, que devem diminuir ao longo do tempo. É importante seguir as instruções do médico sobre como cuidar da incisão e gerenciar a dor. O resultado final da cirurgia pode levar alguns meses para ficar completamente aparente, mas a maioria das mulheres relata uma melhora significativa nos problemas de saúde e autoestima após a cirurgia.

Em resumo, a redução de mama é uma opção cirúrgica para mulheres com seios muito grandes que enfrentam problemas de saúde física e emocional. A cirurgia envolve a remoção do excesso de pele e tecido mamário e o reposicionamento dos mamilos e da aréola. A recuperação pode levar alguns dias ou semanas, dependendo da paciente, mas a maioria das mulheres relata uma melhora significativa nos problemas de saúde e autoestima após a cirurgia.

Mamas de grande volume podem prejudicar a coluna por conta da postura inadequada ocasionando em dores nas costas, e até doenças na pele que pioram e se agravam por conta do suor excessivo do sulco da mama. Assista ao vídeo e saiba mais com o Dr. Fernando Amato (CRM 133826)

Mamas grandes?

Dor nas costas?

Pois é.

A hipertrofia mamária, ou seja, as mamas
de grande volume, acometem grande parte da

população.

Além de prejudicar a coluna, por uma postura
inadequada, pode apresentar até doenças

na pele, como dermatites que pioram e agravam
com o suor excessivo no suco da mama.

Além de ter um desconforto geral e perda
da autoestima.

Não existe uma idade limite, pois pode apresentar
em meninas no início da adolescência.

Tenta-se postergar um pouco para que o crescimento
não interfira tanto no resultado e não necessite

de outros procedimentos no futuro.

A cicatriz tradicional é a cicatriz em T,
em T invertido e que fica no suco da mama,

subindo numa coluna em volta da aréola, mas
pode ter algumas variações.

A anestesia pode ser anestesia geral ou anestesia
peridural.

A internação pode ser realizada em regime
de hospital dia, ou seja, com alta no mesmo

dia, ou fica, no máximo, internada por mais
um dia.

O retorno às atividades é progressivo e
de acordo com a recuperação, mas pode durar

em torno de um a dois meses.

As principais intercorrências que podem acontecer
é um sangramentozinho, pode ter um hematoma,

pode ter infecção, além das cicatrizes
que já foram mencionadas anteriormente.

Além disso, pode ter alguma assimetria entre
as mamas e vale a pena lembrar que pode interferir

na amamentação no futuro.

Gostou desse vídeo?

Então curta.

 

O que é mamoplastia redutora?

 A mamoplastia redutora é um procedimento cirúrgico que visa remover excesso de pele e tecido da mama para deixá-la mais proporcional ao corpo.

Por que algumas mulheres optam por fazer a mamoplastia redutora?

 Muitas mulheres optam por fazer a mamoplastia redutora porque têm seios muito grandes, o que pode levar a problemas de saúde física e emocional, como dores nas costas, pescoço e ombros, irritação da pele sob os seios e dificuldade em encontrar roupas que ajustem adequadamente. Além disso, muitas mulheres com seios muito grandes relatam problemas de autoestima e imagem corporal.

Qual é o processo cirúrgico para a mamoplastia redutora? 

A cirurgia de mamoplastia redutora é geralmente realizada sob anestesia geral e dura de três a cinco horas. Durante a cirurgia, o cirurgião remove excesso de pele e tecido mamário e, em seguida, reposiciona os mamilos e a aréola para uma posição mais elevada.

Quais são os riscos da mamoplastia redutora? 

Como qualquer procedimento cirúrgico, a mamoplastia redutora envolve alguns riscos, incluindo infecção, reação a medicamentos, cicatrizes e dor. O cirurgião deve discutir esses riscos com a paciente antes da cirurgia.

Qual é o tempo de recuperação após a mamoplastia redutora? 

O tempo de recuperação após a mamoplastia redutora pode variar, mas geralmente leva alguns dias ou semanas. É comum ter dor e inchaço após a cirurgia, que devem diminuir ao longo do tempo. O resultado final da cirurgia pode levar alguns meses para ficar completamente aparente.

A mamoplastia redutora é um procedimento caro? 

O custo da mamoplastia redutora pode variar, dependendo do lugar onde a cirurgia é realizada e da complexidade do procedimento. Planos de saúde podem cobrir parcialmente ou totalmente a mamoplastia redutora se for realizada por razões médicas, mas é importante verificar com o plano de saúde para obter detalhes, já que é um procedimento que não está n Rol da ANS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

nv-author-image

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826