Pular para o conteúdo

A hipertrofia mamária é o desenvolvimento excessivo do volume das mamas, uma disfunção muito comum entre as mulheres

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

 

A hipertrofia mamária é o desenvolvimento excessivo do volume das mamas, uma disfunção muito comum entre as mulheres e pode ocorrer em diferentes fases da vida.

O problema pode causar constrangimento na paciente, além de prejudicar a postura corporal e afetar diretamente a sua autoestima.
Existem quatro graus definidos pelo tamanho e peso das mamas, sendo o mais avançado identificado como gigantomastia. Nesse último caso, a mama apresenta muito peso, podendo causar desvios graves da coluna cervical.

Para corrigir a hipertrofia mamária, é realizada uma cirurgia de redução das mamas (retirada do excesso de tecido mamário gordura e pele). Assim que essa etapa é realizada, é feito o remodelamento, conferindo à mama um formatado natural, e com reposicionando da aréola.

#cirurgiaplastica #cirurgiãoplastico #saude #beleza #autoestima #bemestar #lipoaspiração #abdominoplastia #mamoplastiadeaumento #explante

Uncategorized
Fernando Amato

Lipomatoses: Diagnóstico, Classificação e Opções de Tratamento

Sabe o que é a lipomatose? Esta condição envolve o crescimento anormal de tecido adiposo resultando em tumores benignos chamados lipomas. Embora geralmente inofensivos, podem causar desconforto e complicações metabólicas. O diagnóstico e tratamento adequados são necessários porque cada tipo tem características únicas. Aprenda sobre os diferentes tipos de lipomatose, sintomas e tratamentos disponíveis neste artigo informativo escrito com a assistência do ChatGPT-4 e revisado pelo Dr. Fernando Amato.

Leia mais »
LEIA  Silicone e os 8 mitos
Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826