Pular para o conteúdo

Pós-operatório abdominoplastia

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Como é o pós-operatório da abdominoplastia?

Abdominoplastia: o que você precisa saber sobre a cirurgia e o pós-operatório

Vamos falar sobre a abdominoplastia, uma cirurgia plástica bastante procurada por pessoas que têm excesso de pele no abdômen, hérnias abdominais ou diástase do abdômen. O Dr. Fernando Amato, cirurgião plástico no Instituto Amato, nos forneceu informações valiosas sobre a cirurgia e seu pós-operatório.

Quem realiza a abdominoplastia?

A abdominoplastia é uma opção para pessoas com excesso de pele no abdômen, geralmente devido a ganho e perda significativa de peso, ou após cirurgia bariátrica. A cirurgia pode ser puramente estética ou para tratar deformidades e complicações, como dermatites nas dobras da pele, hérnias e diástase.

Como é a cirurgia?

Existem várias técnicas de abdominoplastia, mas a mais clássica envolve uma cicatriz transversal na parte inferior do abdômen, similar à cicatriz de uma cesariana, porém mais extensa. Durante a cirurgia, o médico remove o excesso de pele, trata a musculatura e, às vezes, realiza lipoaspiração associada.

Pós-operatório:

No pós-operatório, é comum que os pacientes tenham dúvidas sobre dor, posição para dormir e uso de cinta. Dr. Amato recomenda que os pacientes fiquem levemente curvados ao andar, evitando dobrar a coluna para prevenir dor postural. Para dormir, o paciente deve ficar com a cama elevada a 30 graus e as pernas dobradas ou, se deitado de lado, em posição fetal. Deve-se usar a cinta, mas não muito apertada, para garantir conforto e eficácia.

Drenos, cicatrizes e drenagem linfática:

O uso de drenos no pós-operatório varia de acordo com a técnica cirúrgica e o paciente. A cicatriz da abdominoplastia pode variar conforme o excesso de pele e a técnica utilizada. Para prevenir cicatrização ruim, é possível usar placas de silicone, pomadas e outros tratamentos cicatrizantes. A drenagem linfática é recomendada no pós-operatório, mas a direção da drenagem deve ser adequada, levando em consideração a área tratada.

LEIA  Como Melhorar a Flacidez da Pele nas Coxas: Opções de Tecnologias e Cirurgias

Prevenção de trombose e cuidados adicionais:

Para prevenir trombose, o médico pode indicar o uso de medicamentos, como a Enoxeparina. Como medida preventiva, os médicos também podem prescrever antibióticos no pós-operatório. O paciente deve evitar dirigir nas primeiras três semanas após a cirurgia e só retomar atividades físicas após esse período, com exceção de caminhadas leves, que são liberadas desde o início da recuperação.

Alimentação no pós-operatório:

Manter uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental no período de recuperação. Evite exageros e abuse de alimentos nutritivos e leves para auxiliar no processo de cicatrização.

Se você ainda tiver dúvidas sobre a abdominoplastia, não hesite em entrar em contato com um cirurgião plástico de confiança ou deixar suas perguntas nos comentários abaixo. Lembre-se de que cada caso é único e as informações fornecidas neste artigo são gerais. Somente um profissional qualificado poderá fornecer orientações específicas e adequadas ao seu caso.

Ao considerar uma abdominoplastia, é importante pesquisar e escolher um cirurgião plástico certificado e experiente, que possa esclarecer todas as suas dúvidas e ajudá-lo a tomar a melhor decisão para o seu bem-estar e satisfação estética.

Esperamos que este artigo tenha sido útil e informativo. Fique atento às nossas publicações para mais dicas e informações sobre saúde, beleza e bem-estar. Não se esqueça de curtir e compartilhar este artigo nas suas redes sociais para que outras pessoas também possam se beneficiar dessas informações.

O que é a abdominoplastia?

A abdominoplastia é uma cirurgia plástica realizada para remover o excesso de pele e gordura no abdômen, bem como corrigir a diástase dos músculos abdominais, proporcionando um contorno mais firme e tonificado.

Quem é um bom candidato para a abdominoplastia?

Indivíduos com excesso de pele e gordura no abdômen, diástase dos músculos abdominais e/ou hérnias abdominais são candidatos em potencial. Além disso, pacientes que perderam muito peso, como após uma cirurgia bariátrica, também podem se beneficiar da abdominoplastia.

LEIA  Testosterona e Clitóris: Como o Hormônio Influencia a Sexualidade Feminina

Quais são os riscos associados à abdominoplastia?

Alguns riscos incluem infecção, sangramento, cicatrização ruim, seroma, trombose venosa profunda e complicações anestésicas. No entanto, trabalhar com um cirurgião plástico experiente pode minimizar esses riscos.

Quanto tempo dura a recuperação após uma abdominoplastia?

A recuperação varia de paciente para paciente, mas geralmente leva de 4 a 6 semanas. Durante esse tempo, é necessário evitar atividades físicas intensas e seguir as recomendações do médico.

A abdominoplastia remove estrias?

A abdominoplastia pode remover estrias localizadas na área de pele removida durante a cirurgia, geralmente abaixo do umbigo. No entanto, as estrias localizadas em outras áreas do abdômen não serão afetadas.

A abdominoplastia é uma solução para perda de peso?

Não. A abdominoplastia é um procedimento de contorno corporal e não é uma solução para perda de peso significativa. Os pacientes devem estar próximos ao seu peso ideal antes de considerar a cirurgia.

A abdominoplastia pode ser combinada com outros procedimentos?

Sim, é possível combinar a abdominoplastia com outros procedimentos, como lipoaspiração, mamoplastia e/ou mastopexia. Essa combinação de procedimentos é comumente chamada de “mommy makeover”.

A gravidez após a abdominoplastia pode afetar os resultados?

A gravidez após a abdominoplastia pode alterar os resultados da cirurgia, como estiramento da pele e diástase dos músculos abdominais. É recomendável que as pacientes concluam sua família antes de realizar a cirurgia.

A abdominoplastia deixa cicatrizes visíveis?

Sim, a abdominoplastia deixa uma cicatriz horizontal na parte inferior do abdômen, geralmente escondida pela roupa íntima ou biquíni. A cicatriz pode variar em tamanho e localização, dependendo da quantidade de pele removida e da técnica utilizada.

Quanto custa uma abdominoplastia? 

O custo da abdominoplastia varia de acordo com a localização, a experiência do cirurgião e a complexidade

LEIA  Enxerto de Gordura para Reconstruir Mamas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826