Pular para o conteúdo

Exercícios de Alta Intensidade e Curta Duração: Uma Nova Abordagem na Prevenção ao Câncer

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Manter-se ativo e diminuir períodos de inatividade são passos-chave para a prevenção ao câncer, especialmente o de mama. Muitos, contudo, enfrentam obstáculos ao tentar integrar exercícios contínuos em sua rotina. A perspectiva encorajadora é que atividades de alta intensidade, mesmo que de curta duração, podem ser uma alternativa valiosa na luta contra esta doença.

Para quem tem dificuldades (ou falta de entusiasmo) em manter uma rotina de exercícios, pequenas ações como subir escadas de forma acelerada ou caminhar rapidamente por períodos curtos diariamente podem fazer a diferença. Essas constatações são provenientes de uma pesquisa divulgada em julho de 2023 no periódico do JAMA Oncology.

Exercícios e sua Relação com a Prevenção ao Câncer

Há um entendimento consolidado, sustentado por estudos ao longo do tempo, que atividades físicas regulares proporcionam uma melhoria geral no bem-estar. Significativamente, diminuem a susceptibilidade ao câncer.

As razões específicas ainda são motivo de debate, mas algumas hipóteses incluem o papel dos exercícios na regulação de hormônios e na manutenção do equilíbrio do peso. Com isso em mente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) aconselha que os adultos pratiquem entre 150 a 300 minutos de atividade física de intensidade moderada ou 75 a 150 minutos de atividade intensa por semana.

Sendo assim, dadas as dificuldades individuais em alcançar estas metas, cientistas do Reino Unido se propuseram a investigar se pequenos intervalos de exercícios intensos. Incorporados à rotina diária, trariam benefícios semelhantes. Então, ações do dia-a-dia, como correr para um compromisso ou subir escadas rapidamente, foram o foco principal.

O Impacto Positivo dos Exercícios Rápidos e Intensos

O estudo, que envolveu mais de 22.000 participantes com uma média de idade de 62 anos, revelou que a maioria das atividades de alta intensidade praticadas duraram menos de dois minutos. No entanto, mesmo esses breves momentos de atividade se mostraram eficazes na prevenção.

LEIA  Descobrindo a Prótese de Silicone Ideal: Qualidades Essenciais para Segurança e Conforto

Ao longo de sete anos de observação, ficou claro que a realização diária de 3,4 a 3,6 minutos de exercícios intensos levou a uma queda de 17% a 18% na propensão de desenvolver câncer.

Incorporando Atividade Física em sua Vida Cotidiana

Os resultados do estudo sugerem que quanto mais ativo você for, melhores serão os benefícios. Apenas quatro minutos diários de atividade intensa podem reduzir o risco de câncer em 20%. Nos tipos de câncer ligados ao sedentarismo, essa redução foi ainda mais pronunciada, chegando a 30%.

Por isso, considerar pequenas alterações na rotina pode trazer grandes benefícios. Trocar o elevador por escadas, optar por caminhadas mais longas ou usar a bicicleta em trajetos rotineiros são maneiras simples de incorporar mais movimento ao seu dia. Se a motivação for um desafio, encontrar atividades que despertem interesse ou se juntar a amigos em práticas esportivas pode ser o impulso necessário. O essencial é começar, e cada pequeno esforço conta nessa jornada de prevenção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826