Pular para o conteúdo

Depois de passar pela mastectomia (uma das cirurgias para a remoção da mama após o diagnóstico de câncer), a mulher pode…

Depois de passar pela mastectomia (uma das cirurgias para a remoção da mama após o diagnóstico de câncer), a mulher pode optar pela reconstrução da mama. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC), estudos mostram que o procedimento contribui com a autoestima da mulher, além de ajudar a controlar a ansiedade e melhorar a qualidade de vida.

As principais técnicas de reconstrução mamária são:

1 – Prótese de silicone: É utilizada quando a mastectomia não remove uma grande quantidade de pele.

2- Expansores: O expansor é um dispositivo colocado sob a pele. Esse expansor é inflado periodicamente com soro fisiológico para aumentar gradualmente o tecido até atingir um tamanho próximo ao desejado.

3 – Retalhos de pele e músculo: Nessa técnica, uma parte de pele, gordura e músculo é retirado de uma outra região do corpo (costas ou abdômen) e transferida para o lugar que há falta de pele para a realização da reconstrução, que pode ser associada a colocação de um implante de silicone. É importante lembrar que a escolha pela cirurgia é individual e deve ser realizada de acordo com a vontade da mulher. 😉

#cirurgiaplastica #cirurgiãoplastico #reconstrucaomamaria #saude #autoestima #bemestar

Fonte: SBCP
LEIA  Já ouviu falar em simastia?????⠀É o termo utilizado quando as duas mamas estão unidas por uma 'ponte'. A causa pode ser ...
Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826