Pular para o conteúdo

Autoestima feminina: reconstrução mamária é aliada no tratamento de câncer

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Reconstrução Mamária após Mastectomia: Entenda o Processo e Direitos

O diagnóstico de câncer pode ser um dos momentos mais desafiadores na vida de uma mulher, e quando o câncer afeta a mama, levando à necessidade de uma mastectomia, a situação pode ter um impacto ainda mais profundo na autoestima feminina.

O que é a Reconstrução Mamária?

A reconstrução mamária é um procedimento que busca restaurar a forma, aparência e tamanho da mama após a mastectomia. A decisão de reconstruir, bem como a técnica a ser adotada, depende de diversos fatores, incluindo o tratamento oncológico indicado e possíveis contraindicações clínicas. Nem sempre é viável realizar a reconstrução imediatamente, especialmente se houver a retirada extensiva de pele ou um subsequente tratamento de radioterapia.

Em situações onde grande parte da pele é removida, um expansor mamário pode ser necessário. Este dispositivo, semelhante a uma bexiga de silicone, é inserido sob o músculo peitoral durante a mastectomia. Após a cicatrização, o expansor é gradualmente preenchido com soro fisiológico em consultas ambulatoriais até alcançar o volume adequado. Esse método facilita a expansão da pele, preparando-a para a futura inserção da prótese de silicone.

Expectativas sobre a Reconstrução Mamária

A reconstrução mamária pós-mastectomia apresenta resultados distintos de procedimentos estéticos comuns. A mama reconstruída pode possuir diferenças na aparência, cicatrizes e consistência. Em alguns casos, os mamilos podem precisar ser reconstruídos. Apesar das diferenças, muitas pacientes sentem-se satisfeitas com os resultados, visto que enfrentam uma condição de saúde que pode ser mutilante.

A abordagem psicológica é fundamental para que a paciente entenda a situação e possa alinhar suas expectativas. Acompanhantes em consultas são encorajados, para auxiliar no entendimento das técnicas e procedimentos.

Seus Direitos na Reconstrução Mamária

No Brasil, toda mulher tem o direito à reconstrução mamária pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e também por planos de saúde privados. Isso inclui procedimentos na mama oposta para simetria. Contudo, cada reconstrução deve ser personalizada, levando em consideração o desejo da paciente e suas condições clínicas.

LEIA  Lifting facial: uma alternativa para casos de paralisia facial

É vital a comunicação aberta com seu médico. Conhecer todas as alternativas disponíveis e depositar confiança no profissional é essencial. Por fim, a mamografia regular é crucial para a detecção precoce do câncer de mama, reduzindo significativamente o risco de mortalidade. Informe-se, cuide-se e saiba seus direitos.

*Dr. Fernando Amato é médico cirurgião plástico, membro titular pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) e da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos (ASPS).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826