Pular para o conteúdo

Mamoplastia redutora

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Mamoplastia Redutora: Guia Completo Sobre o Procedimento, Preparação e Recuperação

A mamoplastia redutora é uma cirurgia plástica destinada à redução do tamanho das mamas, visando proporcionar alívio de sintomas físicos e psicológicos associados ao excesso de volume mamário, como dores nas costas, pescoço e ombros, além de melhorar a autoestima e o conforto das pacientes. Este artigo aborda detalhadamente aspectos importantes do procedimento, incluindo tipos de cicatrizes, anestesias, internação, preparação, pós-operatório, recuperação, riscos, intercorrências e vantagens.

  • 🏥 Internação breve de 24 a 48 horas
  • 🩺 Diversas opções de anestesia e técnicas cirúrgicas
  • 🔄 Recuperação e retorno às atividades em 4 a 6 semanas
  • ⚖️ Alívio de sintomas físicos e melhora da autoestima
  • 🚫 Riscos e intercorrências minimizados com cuidado profissional

Cicatrizes

A mamoplastia redutora pode resultar em diferentes tipos de cicatrizes, sendo as mais comuns:

  • Periareolar: envolve uma incisão circular em torno da aréola.
  • Vertical: estende-se da base da aréola até o sulco inframamário.
  • T invertido ou âncora: combina a incisão vertical com uma incisão horizontal no sulco inframamário.
  • Cicatriz em L: tecnica antiga, mas que tem apresentado crescimento na procura, principalmente com a abordagem em multiplos planos

A escolha do tipo de incisão é determinada pelo volume mamário a ser reduzido, pela elasticidade da pele e pelas expectativas da paciente, sendo discutida e planejada em conjunto com o cirurgião.

Anestesias

A cirurgia de redução de mama pode ser realizada sob:

  • Anestesia geral, onde a paciente dorme durante todo o procedimento.
  • Anestesia local com sedação, para casos menos complexos ou quando a redução é mais limitada.
  • Bloquei periférico: uma alternativa realizada por anestesistas experientes, com o uso de ultrasom.
  • Peridural: uma alternativa muito realizada.

A escolha depende do porte da cirurgia, da saúde geral da paciente e das preferências do anestesista e do cirurgião.

LEIA  Tratamento do Câncer de Mama sem Cirurgia

Internação

A internação geralmente é breve, podendo variar de 6 a 24 horas. O tempo de permanência no hospital depende da cirurgia realizada, técnica cirurgica utilizada, tipo de anestesia utilizada, evolução pós-operatória e da recuperação inicial da paciente. É uma cirurgia realizada muitaz vezes em hospital dia.

Preparação para a Cirurgia

Antes da mamoplastia redutora, são necessários exames pré-operatórios e uma avaliação detalhada pelo cirurgião e pelo anestesista. Recomenda-se:

Pós-Operatório e Recuperação

Após a cirurgia, são comuns edemas (inchaços) e equimoses (manchas roxas), que tendem a regredir nas primeiras semanas. Recomendações incluem:

  • Uso de sutiã cirúrgico por aproximadamente um mês.
  • Evitar esforços físicos por um período de 4 a 6 semanas.
  • Seguir as orientações médicas sobre cuidados com as cicatrizes e higiene.

A recuperação completa pode levar alguns meses, período após o qual é possível observar o resultado definitivo da cirurgia.

Riscos da Cirurgia

Como qualquer procedimento cirúrgico, a mamoplastia redutora apresenta riscos, tais como infecção, sangramento, alterações na sensibilidade da mama ou da aréola, dificuldades na cicatrização e assimetrias. A escolha de um cirurgião qualificado e o seguimento rigoroso das orientações pós-operatórias minimizam esses riscos.

Intercorrências

Intercorrências, como seromas (acúmulo de líquido) e deiscências (abertura dos pontos), podem ocorrer, sendo manejadas adequadamente pelo cirurgião plástico.

Vantagens do Procedimento

A mamoplastia redutora oferece múltiplas vantagens:

  • Alívio de dores nas costas, pescoço e ombros.
  • Melhora da postura.
  • Facilitação de atividades físicas.
  • Aumento da autoestima e do bem-estar.

A mamoplastia redutora é uma intervenção cirúrgica que oferece não apenas uma melhoria estética, mas também funcional, proporcionando alívio significativo de sintomas relacionados ao excesso de peso mamário, como dores no pescoço, nas costas e nos ombros, além de contribuir para uma melhor qualidade de vida. Embora envolva cuidados específicos no pré e pós-operatório, riscos e possíveis intercorrências, a cirurgia apresenta altos índices de satisfação entre as pacientes, graças aos benefícios físicos e psicológicos obtidos.

LEIA  Como Escolher a Incisão Certa para Seu Implante Mamário

É fundamental que as interessadas em realizar a mamoplastia redutora busquem orientação de um cirurgião plástico qualificado, para que todas as etapas do processo sejam cuidadosamente planejadas e executadas, garantindo um resultado seguro e satisfatório. Além disso, é importante ter expectativas realistas e seguir todas as recomendações médicas no decorrer da recuperação, para assegurar o melhor desfecho possível.

Se você está considerando a mamoplastia redutora, lembre-se de discutir abertamente suas expectativas, dúvidas e preocupações com seu médico, garantindo que suas decisões sejam bem-informadas. A busca por uma melhor autoestima e conforto é um caminho válido, e a mamoplastia redutora pode ser uma etapa importante nessa jornada para muitas mulheres.

 

Perguntas e Respostas:

  1. Quanto tempo dura a recuperação da mamoplastia redutora? A recuperação total pode levar de alguns meses, mas as atividades cotidianas podem ser retomadas gradualmente nas primeiras 4 a 6 semanas.

  2. A mamoplastia redutora interfere na capacidade de amamentar? Embora a cirurgia possa afetar a amamentação em alguns casos, muitas mulheres conseguem amamentar após o procedimento. É importante discutir suas expectativas com o cirurgião.

  3. As cicatrizes são permanentes? As cicatrizes são permanentes, mas tendem a se tornar menos visíveis com o tempo. O cuidado pós-operatório adequado é crucial para a melhor cicatrização possível.

  4. Posso escolher o tamanho final das minhas mamas? O tamanho final é planejado conjuntamente com o cirurgião, considerando a proporção corporal e as expectativas da paciente.

  5. Qual é o tempo de internação? Geralmente, a internação varia de 24 a 48 horas, dependendo da recuperação inicial.

#MamoplastiaRedutora #Cicatrizes #Anestesia #PreparaçãoCirúrgica #PósOperatório #Recuperação #RiscosCirúrgicos #Intercorrências #Vantagens

Dr. Fernando Amato

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826