Pular para o conteúdo

Cruroplastia

  • Autor: Fernando Amato ,
  • publicado em:

Sumário

Cruroplastia

O que é CRUROPLASTIA?

A Cruroplastia é a cirurgia plástica realizada para diminuir o excesso de pele nas COXAS, também é conhecida como Coxoplastia e lifting de coxas. Além da ressecção de pele pode ser associado a lipoaspiração.
 

Para quem é indicado a CRUROPLASTIA?

 
  • Indivíduos cujo peso é relativamente estável
  • Indivíduos com flacidez ao longo da região interna ou medial da coxa e/ou coxa exterior
  • Indivíduos saudáveis sem patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia
  • Não fumantes
  • Indivíduos com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico
  • Indivíduos empenhados em levar uma vida saudável, incluindo alimentação adequada e boa forma.
 

Como ficam as cicatrizes na cruroplastia?

 
As Cicatrizes dependerão principalmente da quantidade e localização da flacidez de pele, ou seja da extensão onde é realizada a dermolipectomia (ressecção de pele). Na cirurgia plástica procura-se sempre esconder as cicatrizes, e na cruroplastia, tentamos deixar na face medial das coxas e prega inguinal. Pode ser horizontal, vertical, em formato de L invertido, formato de T e formato de duplo T.
 

Qual é a anestesia para a Cruroplastia?

 
A anestesia pode ser geral, raquianestesia, peridural ou sedação e local. Dependerá de um consenso entre cirurgião, anestesista e paciente.
 

Como é a internação?

 
Internação: Pode ser realizado em regime Hospital Dia com alta no mesmo dia se não for associado a outros procedimentos e se o paciente estiver em condições de alta.
 

Como é o pós operatório e a recuperação?

 
Pós-Operatório / Recuperação:  Normalmente o paciente pode voltar as atividades em 2 a 3 semanas. Deve fazer uso de malha elástica por pelo menos 1 mês. É comum o uso de drenos que podem ficar mais que uma semana, dependendo da evolução no pós operatório.

Quais são os riscos de uma Cruroplastia?

 
Como toda cirurgia, os principais riscos são sangramento, infecção e trombose, e são os principais não pela frequência, mas sim por que são os que podem causar algum dano maior para o paciente. Além disso existem complicações específicas dessa cirurgia que podem estar relacionadas a tecnica utilizada, a localização e extensão da cicatriz, como deiscência dos pontos, ou seja abertura, hematoma e equimose, seroma, edema e até perda da sensibilidade local.
 

Perguntas interessantes para fazer para o seu cirurgião antes da cirurgia:

 
  • Quando será a previsão de alta?
  • Quais medicações serão prescritas?
  • Será necessário curativo? como realizar?
  • Terá pontos? quando precisará tirar?
  • Terá dreno? geralmente por quanto tempo? como fazer a manipulação?
  • Quando será a consulta de retorno?
  • Quando poderei retornar para minhas atividades?
 

Quanto custa uma Cruroplastia?

O valor pode variar de acordo com cada médico, levando em consideração além da experiencia e localização fatores como:
  • Honorários do cirurgião
  • Custos hospitalares ou do centro cirúrgico
  • Honorários do anestesista
  • Medicamentos prescritos
  • Pós-operatório e malhas
  • Exames médicos

A Cruroplastia tem cobertura pelo convênio?

É um procedimento que não está no Rol da ANS, então não possui uma obrigatoriedade de cobertura, porém, mesmo não estando na relação da ANS, se for comprovado alteração funcional pela flacidez de pele, como dermatites, infecções locais, mal cheiro, atrito na roupa é possível solicitar o procedimento e conseguir uma autorização.
 

A Cruroplastia é realizada no SUS?

 
É um procedimento eletivo, que pode ter um caráter reconstrutor, ou seja, que pode ter uma cobertura no SUS, porém o SUS tem um serviço sobrecarregado, não sendo suficiente para atender todas as demandas, sendo um procedimento realizado apenas em serviços que possuem um atendimento em cirurgia plástica de referência, como os hospitais escola, com residência médica em cirurgia plástica.

Quando é indicado a Cruroplastia no LIPEDEMA?

O lipedema é uma doença do tecido gorduroso que cursa com acúmulo de gordura principalmente em membros inferiores, dessa forma a cruroplastia e outras alternativas de lifting de coxas pode ser uma etapa cirúrgica, principalmente para tratar o excesso de pele e gordura remanescente após um tratamento conservador ou mesmo um tratamento cirúrgico apenas com lipoaspiração, não sendo infrequente a associação da lipoaspiração com a ressecção de pele.

Artigos recentes

Deformidades nas mamas

Quais são as deformidades nas mamas mais comuns? Quais são as cirurgias para correção? como corrigir? Possui cobertura pelo convênio?

Leia mais »

SÍNDROME DE MONDOR

SÍNDROME DE MONDOR Doença rara e de natureza benigna caracterizada por trombose e inflamação (tromboflebite) das veias toracoepigástricas (as veias ficam como cordões fibrosos que

Leia mais »
Contratura Capsular

Contratura Capsular

Sumário Qual é a classificação da Contratura Capsular? O que é a contratura capsular? A contratura capsular é definida como uma cicatrização esférica, com contração

Leia mais »

Umbigo triste

O que podemos fazer para tratar a flacidez do abdomen? Como tratar a flacidez de pele acima do umbigo? O que podemos fazer? Vou listar

Leia mais »
Bodytite

Bodytite

Dr. Fernando AmatoCirurgião Geral e Cirurgião Plástico – CRM/SP 133826 – RQE nº 51573 – RQE nº 51436 Clique aquiLocalizaçãoAvenida Brasil 2283 Jardim América São

Leia mais »

Radiofrequencia nos joelhos

Você sabe que é possível utilizar radiofrequência par atratar a flacidez de pele nos joelhos. Para isso utilizamos o Bodytite e o Morpheus.

Leia mais »
nv-author-image

Dr. Fernando Amato

Cirurgião Plástico CRM/SP 133826